Make your own free website on Tripod.com

Basico

Tenha mana suficiente. Isto pode parecer óbvio, mas freqüentemente o jogador, ao construir um baralho acrescenta tantas criaturas e mágicas que acaba sobrecarregando o baralho e sofrendo de "mana trancado" - não existe mana quando é preciso durante todos os duelos. Os jogadores de torneios sugerem que pelo menos um terço do baralho seja constituído de cartas para produzir mana. Muitos usam 40 por cento ou mais.
Tenha a cor certa de mana. Você não poderá fazer uma mágica azul com mana vermelho e você não vai conseguir fazer uma mágica que precisa de 3 manas pretos se tiver somente dois pântanos no seu baralho. Um baralho com duas cores de mágicas, a proporção entre as cartas produtoras de mana das duas cores deve ser semelhante à proporção entre as mágicas. Por exemplo, um baralho com 20 mágicas brancas e 30 mágicas vermelhas deve ter aproximadamente duas planícies para cada três montanhas.
Não se esqueça da defesa. Muitos jogadores novos se concentram em formar um baralho com ataques potentes e cartas que causem danos. Isto é ótimo, mas às vezes eles acabam esquecendo que o outro jogador também vai atacar. Sem um método de prevenção de danos criaturas bloqueadoras, efeitos de prevenção de danos ou instantâneas que restauradoras -, você não vai conseguir sobreviver o tempo necessário para usar seus ataques.
Limite as cores. Se houver somente uma cor no seu baralho, todas as fontes de mana produzem mana da cor que você precisa. Se tiver um baralho com duas cores, pode ser que você não tenha o mana da cor necessária. Quanto mais cores colocar no seu baralho, mais provável será que tenha na sua mão cartas que não pode jogar. Se só tiver baixado florestas, uma mão cheia de potentes mágicas brancas não vai adiantar nada. Os jogadores experientes têm a tendência de evitar formar baralhos com mais de três cores (isto é, exceto quando quiserem um bom desafio).
Os baralhos grandes são lentos. A menos que seja excepcionalmente hábil para equilibrar o baralho (e tenha muita sorte quando embaralhar), você deve limitar o número de cartas no seu baralho. Esta idéia se reforça com a lei da probabilidade. Se desejar que uma carta específica venha para a sua mão, as probabilidades de comprar esta carta diminuem à medida que o seu baralho ficar maior. Um baralho menor aumenta as probabilidades a seu favor. A maioria dos duelistas experientes sugere que os baralhos não devem ultrapassar 65 cartas - e, se possível, que sejam até menores.
As criaturas menores são mais rápidas. As criaturas com muito poder e resistência normalmente também têm um alto custo de execução. Isto quer dizer que demora muito tempo para obter cartas produtoras de mana suficientes na jogada para permitir-lhe jogar essa criatura. (E aí o seu oponente a exclui com um efeito rápido que gasta pouco mana!) As criaturas menores, por outro lado, entram na jogada com um custo pequeno e portanto depressa. Uma criatura 1/1 baixada logo no começo pode, num duelo, muitas vezes causar mais danos do que uma criatura grande que você só consegue baixar muito mais tarde. Além disso, a criatura 1/1 também é um defensor potencial (entre outras coisas) durante mais tempo.
Fique atento a alvos de cor específica. Os efeitos de algumas cartas têm como alvo uma cor específica de mágica. Por exemplo, Tsunami destrói todas as ilhas na jogada e Explosão Elemental do Vermelho tem efeitos apenas nas mágicas azuis e nos permanentes. Se o seu oponente não tiver nada desta cor no baralho dele, as cartas no seu baralho que têm como alvo esta cor serão totalmente inúteis. Tenha cuidado ao incluir estas cartas no seu baralho. Se souber que o seu próximo oponente tem uma certa cor no baralho dele, ótimo; aproveite esta informação. Mas se não tiver certeza, pense duas vezes antes de desperdiçar espaço no seu baralho com cartas inúteis.

Isso é o básico.

Home Básico Aprimorando

Combos Glossário Habilidades ICQ99b News Iniciando em Magic Lista de Cartas ICQ List - Magic Brasil Onde comprar? Sequência do Jogo Sugestões